1 de ago de 2013

Naventura + Ilha do Mel - quero + !!

Olá pessoal,

Na semana que passou completei 10 anos de participação em provas de corrida. Foi lá num dia 25 de julho de 2003 que fiz minha primeira corrida – 10km – em um Circuito da Prefeitura de Curitiba. E desde então não parei mais.

Finisher Corrida Sest/Senat 2003
                                                       
Esse ano tive que abrir mão de muitas provas e mudar os planos algumas vezes. Em razão de uma lesão chata no ombro e cervical, tive que me afastar do ciclismo e da natação, e também não podia abusar da corrida. Mas depois de todo o tratamento e liberação, nada como comemorar em grande estilo: Naventura + Ilha do Mel  25km!

Pra quem não conhece a Ilha do Mel:

" A ilha do Mel é um ponto turístico de muita importância no estado do Paraná. Muitas pessoas consideram que a ilha tem as melhores praias do estado. A ilha, fazendo parte do município de Paranaguá/PR, é administrada pelo Instituto Ambiental do Paraná (IAP) e possui um restrito programa de manejo. Não é permitida a tração animal ou a motor na ilha. Existem muitas áreas onde não é permitida a presença de visitantes.
Situa-se a 15 milhas do Porto de Paranaguá, tendo seu ponto mais próximo do continente a 4 km de Pontal do Sul, no município de Pontal do Paraná, litoral do estado do Paraná. São 2585 hectares de área composta por sistemas de restinga e Floresta Atlântica protegidas e destinadas exclusivamente à preservação integral da flora e da fauna, de um total de 2762 hectares (35 km de perímetro). Sua estação ecológica, com 2240 hectares, tem o objetivo de preservar o meio-ambiente e é vetada a entrada . Na Reserva Natural, com 345 hectares, é admitida a existência de trilhas, desde que não afetem a paisagem. Já, a Zona de Ocupação tem 120 hectares.
Há cem mil anos, o nível do mar estava aproximadamente a 120 metros acima do atual. Nesta época, os morros da Ilha formavam um arquipélago. De lá para cá, o mar recuou e avançou várias vezes. Essa sucessão de eventos formou a Ilha do Mel como é vista hoje, com formação de terraços, cordões litorâneos e dunas. A areia marrom que se observa nas praias do Farol e de Nova Brasília tem cinco mil anos e sua coloração deve-se à presença de matéria orgânica. O ponto mais alto da Ilha do Mel localiza-se no Morro do Miguel (Morro Bento Alves), com 151 metros." 


Eu, Ivanir e Tânia
Nossa aventura começou ainda na 6.ª feira, um dia extremamente frio (na 3.ª feira havia "nevado" em Curitiba e nos dias subsequentes geado) mas que foi esquentando com a animação e parceria das meninas da equipe V8 Assessoria Esportiva !!

Pra quem não sabe, para chegar a Ilha do Mel, tem-se que pegar a BR 277 - litoral, seguir até Pontal do Paraná e então pegar a barca (Essa é a barca para a Ilha do Mel ... - quem é daqui já ouviu Djambi! Se não é, pode ouvir aqui!) e 25min você estará no destino fantástico - no nosso caso, Encantadas! 


Trapiche Praia de Encantadas 
A Ilha tem uma estrutura muito bacana. Há anos não ia para lá e, confesso, me surpreendi com tantas coisas. Várias pousadas bacanas, restaurantes bons, mercadinhos e sinal de celular e internet 3G (a minha TIM pelo menos tava muito boa!!). Esperava ficar desconectada nesse final de semana, mas a tecnologia chega em todos os lugares...

Bom, quanto a prova... 
As distâncias eram 25km, 14km e 6km. E em todas elas os corredores teriam um contato intenso com a natureza, ladeado por paisagens belíssimas (veja os percursos aqui ). Eu, como adoro distância e com a anuência do meu treinador, Prof. Vitor Bertoli Nascimento, fui para os 25km. 

Percurso e altimetria 25km

Sábado de sol, temperatura agradável (qualquer coisa acima de 10C seria ótimo depois daquela semana) pouco vento: combinação perfeita! Todo mundo em uma energia maravilhosa, astral lá em cima e prontos para respeitar e aproveitar a prova, como deve ser. Sempre, respeitar a prova e a natureza. O resto vem.

Equipe - foto: Natacha Fischer

Só as guerreiras!! Foto: Natacha Fischer

Os doidos dos 25km - Foto: Natacha Fischer
Largada dada e partimos para uma das provas mais lindas e gratificantes que fiz na minha vida. Em termos de trail running posso dizer que encostou com o Praias & Trilhas - quesito beleza e percurso. Eu amo a mistura de praias, areia, trilha técnica, trilha leve, morros, então, para mim foi perfeita.

Logo no início tivemos que encarar um costão (e quem me conhece sabe que é a parte que menos gosto mas que já me rendeu uma bela amizade então "há males que vem para o bem") e logo em seguida um morro bem legal com direito a lama e corda para subir... Ali já dava para perceber o que nos aguardava...hehehe...

No decorrer do percurso passamos por praias e trilhas mais fechadas (o que dava um refresco com sombras), subimos o morro do Farol (lindo) e seguimos até a Fortaleza. Aqui vale a pena um pit stop rapidinho para contemplar a paisagem e toda a beleza histórica. Eu ainda tive o privilégio de ser entrevistada pelo amigo e corredor Tony Tows, mas infelizmente não consegui o vídeo até a publicação desse post, então fica apenas a foto registrada pelo Prof. Willian Meirelles:


                                     

Cada pedacinho dessa prova foi incrível. Paisagens lindas, visual maravilhoso, nível de "dificuldade" estrategicamente preparado e uma energia maravilhosa. Não podia deixar de agradecer por fazer parte daquele momento. Escorregões, mãos espetadas, fendas nas pedras apertadíssimas, sobe e desce...tudo isso é compensado. E no meus km's finais ainda ouvi de um nativo na trilha: 
"tá há quanto tempo correndo, moça?"
"2h30"
"nossa, como vc tá bem...achei que tava correndo há menos de uma hora..."

Valeu cara, o ego subiu e ajudou dar "aquela" guinada!!

A dificuldade em provas assim é dosar. Embora saiba o que espera, temos que saber quando acelerar, segurar, quando hidratar e suplementar. Felizmente, acertei em cheio e poderia ter socado mais. Fiquei com medo, em razão da recuperação das lesões e preferi segurar do que quebrar, ter nova lesão e me frustrar mais ainda. 

Eu sei que alguns corredores tiveram problemas na prova, principalmente em relação a localização e pegar trilhas erradas. Não sei porquê ou como aconteceu. Acho que essa foi uma vantagem em largar mais atrás e permanecer no pelotão mediano...consegui ver todas as fitas de marcação, postos de água e todos os staffs indicaram corretamente o sentido.  Somos todos seres humanos, falhas ocorrem, mas no que me pertine posso dizer que foi uma excelente prova. 

Terminei bem, sem dores, bolhas, unhas machucadas ou fraqueza. Para mim foi a melhor comemoração por uma década de dedicação ao esporte. De quebra ganhei um troféu, 1.ª na categoria 30-34 e 13.ª no geral e abaixo do que eu imaginava fazer. Não tá bom, tá ótimo. Só faltou a foto do troféu - ainda não o peguei.


Medalha de Finisher 

Provas trails tem um "plus" que as provas de asfalto não tem, além da paisagem: o companheirismo. Corredores se ajudam mutuamente, apoiam, incentivam. Tenho grandes amigos que fiz em provas assim e nesta tive a oportunidade de fazer novas amizades. São presentes que ganhamos e que tornam o esporte ainda mais prazeroso.

Obrigada a todos que fizeram parte desse dia maravilhoso - principalmente amigos (novos e de longa data), galera da V8 Assessoria Esportiva (não vou nominar todos porque posso esquecer alguém), Prof. Vitor pela preparação e a Naventura (Kleber e Nicole) pela oportunidade. 

Parabéns Naventura Mkt, Esportes e Turismo pela organização e estrutura. 

Parabéns a todos os guerreiros, independente da distância percorrida!!! 

Em 2014 estarei lá novamente!!!

                                     







2 comentários:

  1. Parabens pela prova, qdo morava em Curitiba durante a faculdade fui muito a ilha do mel, agora que moro em Cuiaba, fiquei com muita vontade de voltar a ilha correndo, ano que vem esta prova ja esta no meu calendario

    ResponderExcluir
  2. sempre me surpreendo com vc!
    Acho fantastico essa sua empolgação nas corridas de aventura. Se tudo der certo, tentarei meus primeiros 21km de cross esse ano.

    Força, foco e fique sempre assim ...só mude pra melhor (q é o q tenho visto)

    bjsss

    ResponderExcluir